Peinliche Erfahrungen in Deutschland | Meus „micos“ na Alemanha

Leider ist der heutige Artikel nur einsprachig. Ich habe es leider nicht mehr geschafft, den deutschen Teil vor meiner Reise (nach Brasilien) zu schreiben…
Ich bitte um Entschuldigung. Der Blog ist und bleibt aber zweisprachig :)

Bis bald!
Rode


Hoje eu queria contar para vocês dois “micos” que eu paguei na época que estava aprendendo alemão… Confesso que não me lembro mais de muitos, pois já estou aqui na Alemanha há muitos anos, mas vamos lá:

Com dois anos de Alemanha, eu juntei toda a minha coragem e fui me candidatar a uma vaga como vendedora em meio-período na ZARA (loja de roupas). Mesmo falando um alemão que ainda não era lá essas coisas, eles me aceitaram… Foi realmente um desafio grande naquela época, porque eu teria que lidar diretamente com os clientes.

Um belo dia, eu estava dobrando as roupas no provador, quando uma cliente chegou até mim com umas peças de roupa nas mãos e me disse a seguinte frase: Könnten Sie mir bitte die Sachen zurücklegen? A palavra zurücklegen pode ser usada para colocar algo de volta em algum lugar, daí eu entendi a frase assim: Você poderia colocar as roupas de volta [no lugar delas ], por favor? Eu, como uma vendedora muito educada  (rsrs), disse Natürlich, gern! (Português: Claro, com todo prazer!)….

“E cadê o ‘mico’?”, você deve estar pensando… Lá vem: O que eu não sabia é que o verbo zurücklegen também tem o significado de reservar (algo). Eu peguei as coisas da mão da cliente, guardei tudo no armário e não entendi porque ela continuou plantada olhando pra minha cara ;-) Nesse momento, a minha chefe chegou lá (graças a Deus) e fez a reserva das roupas, assim como a cliente queria… Depois disso ela me explicou que a tal palavra – zurücklegen – tem o mesmo significado de reservieren, sendo que esta última só é usada em restaurantes, por exemplo – Ich würde gern einen Tisch reservieren (Português: Eu gostaria de reservar uma mesa)…

Outro “mico” que paguei também foi na ZARA: Um cliente chegou até mim e me perguntou: Haben Sie auch Dessous”? (Português: Vocês também têm roupa íntima?). Na verdade, eu só conhecia a palavra Unterwäsche, que significa a mesma coisa. Daí eu disse que não tínhamos, embora houvesse uma parede bem do meu lado lotada de peças de roupa íntima :) O que eu não sabia na época é que os alemães usam essa palavra francesa com bastante frequência… Ops! Foi bem desagradável passar por aquela situação, porque o cliente reclamou dizendo algo do tipo „E o que é aquilo ali?“, mas eu sobrevivi :)

Por que estou contando isso? Porque eu também comecei do zero no alemão, sei o que é ralar para aprender essa língua não muito fácil, e porque gostaria que meus „micos“ servissem de motivação pra vocês :)

Abraços,
Rode
—————-
Blog: www.entre-duas-culturas.de
Facebook: https://www.facebook.com/entre.duas.culturas
Instagram: @entre_duas_culturas
Twitter: @entre2culturas

 

Veröffentlicht von Rode

Brasileira, residente na Alemanha, docente universitária e blogueira apaixonada por idiomas e viagens | Brasilianerin in Deutschland, Uni-Dozentin und Bloggerin mit einer großen Leidenschaft für Sprachen und Reisen

12 Kommentare

  1. Muito bom Rode, adorei.

    Eu passei por micos em Brasil de+

    Trocando palavras como pálido – pelado e peludo o tempo tudo
    Ate hoje rir por dentro quando uso estes vocabulário, sabendo de tanta confusão que eu já causei

    Abraços de uma alemã que sobre vive em Sampa

    • Oi, Doret! Que bom que você gostou do artigo :) Quando a gente passa por essas situações desagradáveis não é nada legal, mas depois a gente acaba se divertindo quando lembra dos micos… Tudo de bom pra você em SP!

  2. Neu maior mico foi quando precisei comprar uma escova de dentes nova. Entrei numa farmácia e como não tinha nenhuma a vista perguntei para a vendedora se tinham „Zahnbrüste“. Ela não me entendeu. Eu, pensando que o meu problema estava na pronúncia do „ü“ repeti a palavra reforçando bastante o final: „ZahnbrÜÜÜste“… e fiz o gesto de escovar os dentes. Ela riu, mas gentilmente me deu a escova… depois fui aprender que o correto é „Zahnbürste“ que é a combinação de Zahn = dente com Bürste = escova. O que eu falei antes foi Zahn = dente e Brüste = seios (peitos) … kkkkk
    Quase morri de vergonha depois!!!

  3. Neu maior mico foi quando precisei comprar uma escova de dentes nova. Entrei numa farmácia e como não tinha nenhuma a vista perguntei para a vendedora se tinham „Zahnbrüste“. Ela não me entendeu. Eu, pensando que o meu problema estava na pronúncia do „ü“ repeti a palavra reforçando bastante o final: „ZahnbrÜÜÜste“… e fiz o gesto de escovar os dentes. Ela riu, mas gentilmente me deu a escova… depois fui aprender que o correto é „Zahnbürste“ que é a combinação de Zahn = dente com Bürste = escova. O que eu falei antes foi Zahn = dente e Brüste = seios (peitos) … kkkkk
    Quase morri de vergonha depois!!!

  4. Hallo, Rode. Tb paguei e pago ainda alguns micos. Uma vez , ao me despedir do coordenador pedagógico do Goethe, após um seminário em minha cidade, disse: kommen Sie mal zurück ao invés de : kommen Sie mal wieder. Imediatamente depois percebi o engano, mas já era tarde. Ele, mto educado, me olhou e respondeu: ja ja, ich komme zurück.
    Uma vez fui dizer q estava com uma inflamação nos calcanhares – Fersen – e disse Felsen (rochedos)
    Enfim, os erros fazem parte do aprendizado, , pois eh através deles que crescemos . Um grande abraço e parabéns pelo blog

  5. Preenchendo um formulário sobre alergias escrevi Polen ao invés de Pollen….kkkkkkkkkk

Schreibe einen Kommentar

Pflichtfelder sind mit * markiert.