Primeiro dia de aula na Alemanha e suas tradições | Der erste Schultag in Deutschland wird gebührend gefeiert

No ano passado, meu afilhado (alemão: das Patenkind) teve seu primeiro dia de aula. Como madrinha (alemão: die Patentante), fui convidada para participar das comemorações a esse dia, e gostaria de contar a vocês como foi:

Der erste Schultag (“Primeiro dia de escola”): Quando se fala desse dia por aqui, quer-se dizer que as crianças estão entrando na primeira série (agora chamada de 2º ano no Brasil, correto?) da Grundschule (Escola Primária), que vai da primeira à quarta série. Os primeiros passos de alfabetização são dados ainda no Kindergarten (“Jardim de Infância”), onde as crianças maiores, que estão prestes a entrar na escola, recebem o nome de Vorschulkinder (“crianças em idade pré-escolar”).

Programação: Aproximadamente 60 crianças foram acompanhadas por seus pais, irmãos, avós e padrinhos ao auditório da escola. Lá, as estrelas da festa sentaram-se todas juntas para acompanhar a programação. Obs.: Para preservar a identidade das crianças, optei por não mostrar os rostinhos delas…

As crianças da segunda, terceira e quarta séries deram as boas-vindas aos novos alunos, recitando poesias, cantando musiquinhas e apresentando as coreografias que ensaiaram para esse grande dia:

Depois da programação, as crianças foram para a sala de aula e, no pátio da escola, os convidados puderam desfrutar de uma pequena pausa com direito a bolo, café e pequenos sanduíches – tudo feito com muito carinho:

Houve também um culto ecumênico na igreja católica que fica perto da escola, onde as crianças receberam a bênção para a jornada que se inicia:

As mochilas: Chamadas em alemão de (der) Schulranzen, são meio quadradas, de material robusto e com faixas que brilham no escuro, o que é muito importante durante o inverno, já que nessa época do ano só amanhece depois das 8 horas. Geralmente as famílias investem um bom dinheiro nelas e já vi modelos que vão de 100 a 200 euros!

Os famosos cones: A principal tradição do primeiro dia de aula aqui na Alemanha é presentear a criança com a chamada (die) Schultüte (“sacola escolar”), uma ideia que nasceu no início do século XIX, tendo seu primeiro registro da cidade de Jena (leste do país). A ideia nasceu para deixar mais doce o primeiro dia de aula dos baixinhos, já que é recheada com muitas guloseimas, recebendo por isso o nome de (die) Zuckertüte (“sacolas de açúcar”) em algumas partes da Alemanha. Além de conter muitos doces, elas também vêm recheadas de pequenos presentes e alguns ítens de material escolar. Esses cones podem ser comprados em lojas, mas muitos pais optam por fazer os seus próprios cones, inclusive gravando o nome dos pimpolhos neles:

Para não deixar os irmãos mais novos tristes, eles também recebem uma Schultüte num formato menor…

Comemoração em casa: Durante a tarde, seguem as comemorações na casa das famílias. Minha amiga B. (e mãe do meu afilhado) preparou tudo com muito carinho, decorando toda a sala para o dia tão especial:

Também não faltaram tortas, bolos e café para os adultos:

Até os convidados receberam um pequena Schultüte de lembrança…

Vocabulário: Para terminar este post, gostaria de ensinar a vocês algumas palavras alemãs importantes ligadas a este tema: die Schule (“a escola”); der Schüler/die Schülerin (“o aluno/a aluna”); der erste Schultag (“o primeiro dia de aula”); das Schuljahr („o ano letivo“); die Einschulung (“a entrada para a escola/a escolarização”); der Erstklässler (“o aluno de primeira série” – ou seja, que acabou de entrar na escola). Aqui na região de Düsseldorf eles também recebem o nome de I-Dötzchen…

Confesso que o primeiro dia de aula do meu afilhado foi uma das experiências mais especiais que vivenciei aqui na Alemanha até agora… Fiquei emocionada com tanto carinho envolvido – tanto por parte dos pais, como dos professores e familiares!

E você, já tinha ouvido falar sobre essa tradição alemã? Se você mora aqui na Alemanha e tem filhos em idade escolar, conte-me como foi o primeiro dia de aula deles!

Abraços,
Rode


Während in manchen Regionen Deutschlands die Sommerferien erst vor ca. 2 Wochen begonnen haben, hat hier in NRW das Schuljahr 15/16 bereits angefangen. Und diesmal war es auch für mich was ganz Besonderes, denn mein 6-jähriges Patenkind ist eingeschult worden…

Weil es in Brasilien (leider!) keine Einschulungszeremonie gibt, erzähle ich im obigen Teil dieses Artikels  ganz ausführlich darüber und erkläre u.a., was eine Schultüte ist, was sich darin befindet und warum die Kinder sie bekommen…  Wusstet ihr, dass die ersten Nachweise dazu aus Jena (Jahr 1817) kommen? Seitdem hat sich diese süße Tradition im ganzen Land verbreitet.

Letzte Woche durfte ich bei der Einschulung meines Patenkindes dabei sein. Insgesamt wurden an seiner Grundschule 60 Kinder eingeschult, und natürlich waren auch die Eltern, Geschwister, Großeltern und Paten mit dabei. In der Turnhalle fand der erste Teil der Feierlichkeiten statt, bei dem die Kinder aus den höheren Klassen ein tolles Programm vorgetragen haben – mit Tanzeinlagen, Liedern und sogar einem Orchester:). Während die Kinder in ihren Klassen waren (schließlich muss auch am ersten Tag ein wenig gelernt werden!), durften die Gäste bei Kuchen, Snacks und Kaffee eine kleine Pause machen… Danach ging es Richtung Kirche, wo ein ökumenischer Gottesdienst stattgefunden hat.

Nachmittags wurde natürlich auch gefeiert – diesmal waren aber die Familien für sich. Meine Freundin B. (und Mutter meines Patenkindes) hat sich mal wieder übertroffen und alles perfekt gemacht: Das ganze Wohnzimmer war schön dekoriert, es gab leckere Kuchen, Kaffee und Erinnerungen aus der Schulzeit der Großeltern. Die Fotos zu diesem besonderen Tag könnt ihr oben sehen…

Für mich persönlich war es auch ein besonderes Erlebnis, und ich bin dankbar, dass ich diesen Tag miterleben durfte. Sowohl die Lehrer als auch die Familien haben dazu beigetragen, dass dieser Tag für die Kinder unvergesslich bleibt…

Meinem lieben Patenkind wünsche ich viel Freude am Lernen, eine Menge Spaß auf dem Schulhof und eine tolle, aufregende Grundschulzeit! Ich bin jetzt schon total stolz auf dich, mein großer Junge:)

Alles Liebe
Rode
—————–
Blog: www.entre-duas-culturas.de
Facebook: https://www.facebook.com/entre.duas.culturas
Instagram: @entre_duas_culturas
Twitter: @entre2culturas

Veröffentlicht von Rode

Brasileira, residente na Alemanha, docente universitária e blogueira apaixonada por idiomas e viagens | Brasilianerin in Deutschland, Uni-Dozentin und Bloggerin mit einer großen Leidenschaft für Sprachen und Reisen

21 Kommentare

  1. Isso é muito interessante! Acompanhei uma criança ao seu primeiro dia de aula na França como au pair e não houve nada de especial, foi como no Brasil, os pais nem mesmo quiseram tirar foto na entrada da escola ou saída de casa para registrar o momento. A cultura alemã é realmente diferente (e pra melhor).

    • Sério, Ana? Que pena, hein? Mas aqui na Alemanha realmente esse dia é comemorado em grande estilo… Muito especial! Abs.!

    • Sem foto?!!! Acho difícil.
      A cultura daqui não tem tradição de festividade no inicio escolar, apenas na finalização da alfabetização.

  2. Gostei muito do texto. Meu filho vai passar por essa experiência aqui. Fizemos a Schule Tüte juntos e ele adorou. Só acho que tem um erro no seu texto. As crianças entram com seis anos na Grundschule e isso é equivalente ao primeiro ano no Brasil e não ao segundo ano. Alguns pais esperam a criança completar sete anos para frequentar a escola, mas a maioria já inicia com seis anos. Por isso, die ersten Klass na Alemanha e o primeiro ano no Brasil são iguais. Mas a tradição é linda e especial mesmo.

    • Oi, Renata!
      Eu acho que não se deve comparar as idades, mas sim as séries. O atual primeiro ano no Brasil corresponde à Vorschule na Alemanha e, consequentemente, o segundo ano corresponde à primeria série (erste Klasse) aqui.
      Tudo de bom pra vc e que seu filho tenha um lindo primeiro dia de aula!
      Rode

      • Minha filha faz aniversário em outubro, entrou com cinco para seis anos logo na Primeira série, sem fazer Vorschule….

        Depende de quando é o aniversário da criança, se ela tem „competência“ para entrar na 1.a serie com 6 para 7 anos – que é o padrão“ .
        Ainda no Kindergarten as crianças são “ testadas “ nas suas aptidões, inteligência, escrita, etc….

        Pelo menos foi assim aqui, onde moro, Leonberg/Stuttgart.
        Um grande abraço!

  3. Também participei de uma Einschulung há alguns anos e foi uma experiência super legal. Adorei o carinho que as crianças recebem nesses primeiros dias. Pareceu ser tudo tão importante tao valorizado. Foi uma experiência única e muito especial.

    • Com certeza, Bárbara! Eu também fiquei encantada com o carinho de todos neste dia! Abs.!

  4. A você que logo, logo, estará vivendo esse momento importante na vida de sua e na vida de sua BONECA.
    Beijos!

  5. Uma das tradições mais bonitas! Ano passado minha sogra me mostrou algumas fotos de meu namorado quando pequeno e em uma delas ele estava em frente de casa segurando este cone, perguntei o que aquilo significava e ela me contou a tradição *-*

  6. Oi, Rode, tudo bem?
    Sempre leio seus posts e aprendo muito com eles! Espero que um dia meu alemão seja tão bom quanto o seu :)
    Estou indo morar em breve em
    Düsseldorf! Quem sabe um dia não nos encontramos para trocar experiências?
    Beijos.

    • Olá, Cintya!
      Que bom que os meus posts são de proveito pra você! Quando estiver chegado por aqui, me avise! Vamos tomar um café juntas:)
      Abraços,
      Rode

  7. Ainda não participei do primeiro dia de aula de nenhuma criança na Alemanha.
    Meu filho acabou de completar quatro anos no dia 21 de janeiro e acho que no próximo ano nós também vivenciaremos essa experiência.
    Costumes diferentes dos nossos, mas penso que são muito valorosos, não só para a família mas para todos os envolvidos.
    Adorei as dicas e pretendo usá-las no tempo oportuno.
    Obrigada por compartilhar sua vivência.

  8. Olá meu nome é „Cunha“ vou me identificar assim pq não quero me expor e nem minha filha, tenho uma menina de quase 6 anos e que em Setembro vai para escola, porém nós só estamos aqui na Alemanha há um ano e 2 meses e frequência dela na escola „kindergarten“. Apenas 10 meses, ela entende alemão e até fala, porem fala pouco. E a pedagoga sugeriu que ela vá primeiro pra vorsschule e eu não quero. Pois daquilo que li da vorscule crianças que começam lá não tem mt sucesso na escolaridade e mh filha em “ português “ ela é mt inteligente, todos que a conhece admiram a inteligência dela por ser uma criança de „ainda“ 5 anos. Ex: ela foi outro dia com a creche na „Hathaus“ (não sei se tá bem escrito), e encontros uma sra portuguesa e conversaram e a sra admirou fa inteligência dela e perguntou pra professora em que séria ela estava pk era mt inteligente. E qdo a professora disse que ela é crisnede creche ainda, a sra respondeu: Mas ela fala assunto de criança de escola… Entende minha angústia em não querer que ela vá pra Vorschule??????

    • Olá, „Cunha“!
      Todo começo é difícil mesmo… Sem bem como é isso!
      Eu lamento, mas não estou por dentro de como é essa fase de transição entre o jardim de infância e a escola primária…
      Muitas escolas hoje em dia têm classes especiais para crianças que ainda estão aprendendo alemão. Tente se informar sobre isso.
      Tudo de bom pra vc e sua filha!
      Rode

  9. Oi Rode.
    Leio sempre o seu blog e gosto muito. Tenho duas netas alemãs que moram em Hamburgo e é bem assim como vc descreveu. Os cones e as mochilas dão um colorido pra esse dia especial. Festejam muito e é uma boa lembrança do grande dia de cada aluno. Acho muito válida essa tradição alemã. É um momento muito valorizado pras crianças e os pais.
    Abração

Schreibe einen Kommentar

Pflichtfelder sind mit * markiert.